Polícia

Preso que vendia ecstasy pelo WhatsApp é preso na Vila Carvalho

Após denúncias anônimas a polícia prendeu na noite desta segunda-feira (29), um homem de 31 anos acusado de vender comprimidos de ecstasy por WhatsApp, em Campo Grande. Ele foi preso na sua casa, na Vila Carvalho. Os policias chegaram até a residência por volta das 20 horas. O homem identificado como Rafael seria um grande […]

Thatiana Melo Publicado em 30/04/2019, às 08h40 - Atualizado às 13h03

None

Após denúncias anônimas a polícia prendeu na noite desta segunda-feira (29), um homem de 31 anos acusado de vender comprimidos de ecstasy por WhatsApp, em Campo Grande. Ele foi preso na sua casa, na Vila Carvalho.

Os policias chegaram até a residência por volta das 20 horas. O homem identificado como Rafael seria um grande fornecedor de ecstasy, na cidade. Cada comprimido era vendido por ele a R$ 70. Os policiais encontraram 13 comprimidos com o autor.

Na casa, os policiais também encontraram sete tipos diferentes de anabolizantes, e R$ 600 reais em espécie. Também foi encontrado na residência vários pinos de cocaína. Ele não quis revelar quem fornecia os comprimidos e anabolizantes para ele.  O homem foi levado para a delegacia e autuado por corrupção, adulteração e falsificação.

Jornal Midiamax