Por rixa antiga, homem é preso após matar indígena a golpes de facão

Foi preso na madruga deste sábado (16), um homem de 30 anos suspeito de matar a golpes de facão o indígena Rozeio Ramirez, de 20 anos. O crime aconteceu na casa do suspeito, na Aldeia Bororó, em Dourados, cidade distante a 228 quilômetros de Campo Grande. Conforme informações do boletim de ocorrência, Rozeio e outro […]
| 16/03/2019
- 10:58
Por rixa antiga, homem é preso após matar indígena a golpes de facão

Foi preso na madruga deste sábado (16), um homem de 30 anos suspeito de matar a golpes de facão o indígena Rozeio Ramirez, de 20 anos. O crime aconteceu na casa do suspeito, na Aldeia Bororó, em Dourados, cidade distante a 228 quilômetros de Campo Grande.

Conforme informações do boletim de ocorrência, Rozeio e outro homem haviam ido até a casa do autor para acertar contas de uma rixa anterior. O suspeito contou aos policiais que quando percebeu que eles queriam invadir sua casa, pegou o facão e desferiu golpes, primeiro em um dos homens, que ainda não foi identificado, ele foi atingido mas conseguiu fugir.

A vítima permaneceu no local e acabou atingida por ao menos dois golpes de facão, ele tentou fugir, mas acabou morrendo 30 metros do local do crime. De acordo com informações policiais, o autor se encontrava com sinais visíveis de embriaguez e estava agressivo. Ele foi detido por lideranças indígenas da aldeia até a chegada da Polícia Militar.

O caso foi registrado na Depac (Delegacia de Pronto Atendimento Comunitário) de Dourados como simples.

Veja também

Vítima foi transferida de vaga zero para hospital de Coxim

Últimas notícias