Participação de policiais é investigada em execução em frente a açougue na fronteira

Policiais estariam sendo investigados pelo envolvimento na execução de Juan Ignácio Garcia Aries de 37 anos, que foi executado com mais de 13 tiros, na última terça-feira (19), em Pedro Juan Caballero, na fronteira com o Paraguai. O celular de Juan passou por perícia e nele foram encontradas mensagens, que ele trocava com policiais – […]
| 21/03/2019
- 11:35
Participação de policiais é investigada em execução em frente a açougue na fronteira

Policiais estariam sendo investigados pelo envolvimento na execução de Juan Ignácio Garcia Aries de 37 anos, que foi executado com mais de 13 tiros, na última terça-feira (19), em Pedro Juan Caballero, na fronteira com o Paraguai.

O celular de Juan passou por perícia e nele foram encontradas mensagens, que ele trocava com policiais – já que era informante – e também com plantadores de maconha da região. A investigação não descarta que Juan tenha sido ‘vendido’ US$ 10 mil.

Segundo o site Porã News, os mandantes do crime já teriam sido identificados e há a possibilidade de que policiais estejam envolvidos na execução de Juan, já que no dia e sua morte ele teria um encontro com os militares em frente ao açougue.

De acordo com o comissário Gonzáles nas próximas horas prisões podem acontecer entre a polícia paraguaia.

 

 

 

 

 

Veja também

Vítima estava com suspeita de fratura no braço direito e com forte hemorragia

Últimas notícias