Polícia

PMA autua sete pescadores em 5,2 mil por pesca ilegal e apreende petrechos ilegais de pesca

Policiais Militares Ambientais de Campo Grande realizam fiscalização no rio Aquidauana e afluentes e autuaram sete pescadores por pesca ilegal. Um paulista, residente em Avaré (SP) foi autuado no rio Aquidauana, no município de Terenos, por pescar sem a licença ambiental de pesca. Pelo mesmo motivo, no rio Jatobá, no município de Aquidauana, seis campo-grandenses […]

Diego Alves Publicado em 01/05/2019, às 18h59 - Atualizado às 19h10

Divulgação PMA
Divulgação PMA - Divulgação PMA

Policiais Militares Ambientais de Campo Grande realizam fiscalização no rio Aquidauana e afluentes e autuaram sete pescadores por pesca ilegal. Um paulista, residente em Avaré (SP) foi autuado no rio Aquidauana, no município de Terenos, por pescar sem a licença ambiental de pesca. Pelo mesmo motivo, no rio Jatobá, no município de Aquidauana, seis campo-grandenses foram autuados. Com os sete pescadores foram apreendidos seis molinetes e carretilhas com varas e cinco caniços. Os pescadores não haviam capturado nenhum pescado ainda.

Os policias efetuaram autos de infrações administrativos e aplicaram multa total no valor de R$ 5.200,00 contra os autuados. A pesca sem licença não é crime ambiental. Trata-se somente infração e, efetuando o pagamento da multa, os infratores poderão ter os materiais restituídos.

Durante a operação, os Policiais também fizeram o corte de 43 anzóis de galho (petrechos proibidos) que estavam armados no rio. Três peixes das espécies pintado e cachara, que estavam vivos presos aos petrechos ilegais foram devolvidos ao rio

Jornal Midiamax