Polícia

PMA autua paulista em R$ 4,5 mil por derrubada de árvores de aroeira para exploração

Em uma operação nas propriedades rurais do município de Paranaíba, policiais militares ambientais de Aparecida do Taboado autuaram ontem (5) à tarde, um proprietário rural por exploração ilegal de madeira em sua propriedade. De acordo com a polícia, o infrator realizou na fazenda o corte de 15 árvores da espécie aroeira sem autorização ambiental e […]

Diego Alves Publicado em 07/09/2019, às 21h31 - Atualizado às 21h33

Divulgação PMA
Divulgação PMA - Divulgação PMA

Em uma operação nas propriedades rurais do município de Paranaíba, policiais militares ambientais de Aparecida do Taboado autuaram ontem (5) à tarde, um proprietário rural por exploração ilegal de madeira em sua propriedade.

De acordo com a polícia, o infrator realizou na fazenda o corte de 15 árvores da espécie aroeira sem autorização ambiental e exploraria a madeira. Ele ainda não havia iniciado a transformação das toras e galhos das árvores, porém, a madeira foi apreendida.

O pecuarista (65), com domicílio jurídico em São José do Rio Preto (SP), foi autuado administrativamente e multado em R$ 4.500,00. Ele também responderá por crime ambiental, que prevê pena seis meses a um ano de detenção.

Jornal Midiamax