Polícia

PMA autua em R$ 65 mil por desmatamento ilegal de 11,77 hectares de vegetação

A PMA (Polícia Militar Ambiental) de Aparecida do Taboado autuou um infrator em R$ 65 mil por desmatamento ilegal de 11,77 hectares de vegetação protegida. Segundo a PMA, no dia 18 até esta sexta-feira (27), foi diversas vezes a uma propriedade rural do município, para realizar levantamentos de áreas desmatadas não contíguas. Ao todo foram […]

Diego Alves Publicado em 27/09/2019, às 20h50

Divulgação PMA
Divulgação PMA - Divulgação PMA

A PMA (Polícia Militar Ambiental) de Aparecida do Taboado autuou um infrator em R$ 65 mil por desmatamento ilegal de 11,77 hectares de vegetação protegida. Segundo a PMA, no dia 18 até esta sexta-feira (27), foi diversas vezes a uma propriedade rural do município, para realizar levantamentos de áreas desmatadas não contíguas. Ao todo foram verificadas sete áreas desmatadas ilegalmente, que medidas com uso de GPS perfizeram 11,77 hectares destruídos, dentro de área protegida de Mata Atlântica.

Na conclusão dos levantamentos verificou-se que o infrator suprimiu a vegetação há algum tempo para plantio de pastagem. A madeira proveniente da vegetação desmatada não estava mais no local, havendo somente restos de árvores em meio à pastagem.

O infrator (44), residente em Aparecida do Taboado, foi autuado e recebeu multa administrativa de R$ 64.735,00. O autuado também responderá por crime ambiental, que prevê pena de um a três anos de detenção. Além disso, ele foi notificado a apresentar um Plano de Recuperação da Área Degradada e Alterada (PRADA) junto ao órgão ambiental estadual.

Jornal Midiamax