PM diz que grupo indígena veio de outros municípios para ocupar área

A Polícia Militar de Dourados divulgou um comunicado no final da tarde desta quarta-feira (28) relatando as negociações com um grupo formado por cerca de 15 indígenas que ocuparam uma área urbana mais cedo. De acordo com a comunicação, os indígenas alegaram ser de outros municípios como Miranda e Aquidauana e vieram com o propósito […]
| 28/08/2019
- 22:05
Divulgação
Divulgação - Divulgação

A Polícia Militar de Dourados divulgou um comunicado no final da tarde desta quarta-feira (28) relatando as negociações com um grupo formado por cerca de 15 indígenas que ocuparam uma área urbana mais cedo. De acordo com a comunicação, os indígenas alegaram ser de outros municípios como Miranda e Aquidauana e vieram com o propósito de ocupar a terra que para eles seriam da reserva.

A propriedade está registrada em nome de uma família tradicional de Dourados e seguranças particulares tentaram intervir após a montagem de barracas. Houve um princípio de confusão e os índios teriam jogado um produto inflamável na vegetação que “será analisado se foi criminoso ou não”. O Corpo de Bombeiros foi acionado e esteve duas vezes no local para apagar o fogo.

A Força Tática intermediou as negociações e não houve feridos. Os índios deixaram a propriedade e se mantém em área do outro lado da rodovia. A Polícia Militar segue no local para evitar novos confrontos.

Veja também

Condutor apresentou nervosismo durante a abordagem

Últimas notícias