Polícia

PM de Mato Grosso preso na fronteira vai responder procedimento administrativo

O Policial Militar de Mato Grosso preso nesta quinta-feira (30), em Ponta Porã –a 346 quilômetros de Campo Grande – com armamento deve responder a PAD (Procedimento Administrativo Disciplinar) instaurado pela polícia do estado vizinho. Em nota, a Polícia Militar de Mato Grosso diz que o militar faz parte do quadro inativo da polícia e […]

Thatiana Melo Publicado em 31/05/2019, às 12h46

None

O Policial Militar de Mato Grosso preso nesta quinta-feira (30), em Ponta Porã –a 346 quilômetros de Campo Grande – com armamento deve responder a PAD (Procedimento Administrativo Disciplinar) instaurado pela polícia do estado vizinho.

Em nota, a Polícia Militar de Mato Grosso diz que o militar faz parte do quadro inativo da polícia e que providências disciplinares serão tomadas. Confira a nota na íntegra:

[bs-quote quote=”A Policia Militar do Estado de Mato Grosso, por meio da Corregedoria informa que foi acionada referente ao militar (que faz parte do quatro da inatividade), detido durante uma abordagem com armas de fogo, em Mato Grosso Sul. Destaca ainda que aguarda a cópia do auto da prisão em flagrante para as providências disciplinares.” style=”style-1″ align=”center”][/bs-quote]

O policial foi preso depois de uma denúncia informando que havia um homem com armas a bordo de um ônibus no terminal rodoviário. Por volta das 10h40 de quinta (30), a equipe foi ao local e deu início a uma busca, encontrando o suspeito, que demonstrou certo nervosismo.

Questionado a respeito de sua bagagem, o homem mostrou apenas uma mochila, escondendo uma sacola que estava sob o banco. Os policiais então questionaram sobre o que havia na sacola, mas ele disse que seria apenas molinetes de pesca.

No entanto, a equipe constatou se tratar das armas de fogo. Diante dos fatos, o policial recebeu voz de prisão e foi encaminhado à Delegacia de Polícia Civil.

Jornal Midiamax