Piloto supostamente ligado a Pavão é executado a tiros e outro fica gravemente ferido

O paraguaio Jorge Henrique Fernandez, 27, morreu e outro homem de 26 anos ficou gravemente ferido em um ataque a tiros no início da noite desta segunda-feira (18) na avenida Brasil em Ponta Porã, cidade a 320 quilômetros de Campo Grande. Jorge Henrique é piloto de aeronave e teria ligação com o narcotraficante Jarvis Chimenez […]
| 19/03/2019
- 02:52
Piloto supostamente ligado a Pavão é executado a tiros e outro fica gravemente ferido

O paraguaio Jorge Henrique Fernandez, 27, morreu e outro homem de 26 anos ficou gravemente ferido em um ataque a tiros no início da noite desta segunda-feira (18) na avenida Brasil em Ponta Porã, cidade a 320 quilômetros de Campo Grande. Jorge Henrique é piloto de aeronave e teria ligação com o narcotraficante Jarvis Chimenez Pavão.

Os dois estavam em uma caminhonete Toyota Hilux, quando foram abordados por pistoleiros que realizaram mais de 50 disparos de fuzis. Os autores fugiram logo após o crime.

Os dois foram levados para atendimento, porém Jorge Henrique não resistiu e morreu no hospital da cidade. O homem de 26 anos está em estado grave e passa por cirurgia neste momento.

Informações indicam que Jorge Henrique já havia sofrido um atentado parecido no dia 17 de maio de 2016 quando transitava a bordo de um veículo Fiat Strada no centro de Pedro Juan Caballero, publicou o site Porã News.

De acordo com a polícia, Jorge Henrique é piloto de aeronave e estaria ligado a Jarvis Chimenez Pavão, motivo pelo qual não se descarta que a execução tenha relação com um ajuste de contas do crime organizado.

Veja também

Últimas notícias