Polícia

Pedreiro que matou amigo a facadas em bar é condenado a 16 anos de prisão

A Justiça de Três Lagoas – a 338 quilômetros de Campo Grande – condenou nesta sexta-feira (1º) a 16 anos de prisão o pedreiro Antônio da Silva Maciel de 40 anos, pelo assassinato do colega Cícero Amaro Barbosa. O crime aconteceu em maio de 2015, quando Antônio teria começado uma discussão com Cícero em um […]

Thatiana Melo Publicado em 02/02/2019, às 10h40 - Atualizado às 10h52

None

A Justiça de Três Lagoas – a 338 quilômetros de Campo Grande – condenou nesta sexta-feira (1º) a 16 anos de prisão o pedreiro Antônio da Silva Maciel de 40 anos, pelo assassinato do colega Cícero Amaro Barbosa.

O crime aconteceu em maio de 2015, quando Antônio teria começado uma discussão com Cícero em um bar desferindo cinco facadas contra a vítima, sendo que uma atingiu o coração de Cícero. A defesa tentou argumentar legítima defesa para o crime.

Mas, foi contestado pelo juiz pelo número de facadas desferidas contra Cícero, que estava na cidade para visitar a mãe. A vítima morava em Campo Grande. O julgamento do pedreiro durou três horas.

Jornal Midiamax