Polícia

No 1º dia de campanha contra violência doméstica, homem que ameaçava companheira é preso

No primeiro dia da Campanha Agosto Lilás, que comemora 13 anos da Lei Maria da Penha em combate à violência doméstica, um homem de 28 anos que ameaçava a ex-companheira de morte, foi preso pela DAM (Delegacia de Atendimento à Mulher) de Aquidauana, cidade distante 143 quilômetros de Campo Grande. De acordo com a titular […]

Dayene Paz Publicado em 02/08/2019, às 18h26

Foto: Divulgação.
Foto: Divulgação. - Foto: Divulgação.

No primeiro dia da Campanha Agosto Lilás, que comemora 13 anos da Lei Maria da Penha em combate à violência doméstica, um homem de 28 anos que ameaçava a ex-companheira de morte, foi preso pela DAM (Delegacia de Atendimento à Mulher) de Aquidauana, cidade distante 143 quilômetros de Campo Grande.

De acordo com a titular da DAM, Nelly Macedo, por não aceitar o fim do relacionamento, o homem comprou uma arma, quando passou a ameaçar de morte a ex e a família dela. A Polícia Civil, após registro da ocorrência, teve deferido pela Justiça o pedido de mandado de busca e apreensão na casa dele.

Durante as buscas, os policiais localizaram um revólver calibre 38, carregado com duas munições. O suspeito foi preso e autuado em flagrante por posse irregular de arma de fogo de uso permitido e uso restrito.

Agosto Lilás

Realizada desde 2016 em comemoração aos 10 anos da Lei Maria da Penha, a campanha Agosto Lilás entrou no calendário de eventos de Mato Grosso do Sul como a maior campanha de enfrentamento à violência doméstica e família.

Nesse ano, a pauta são os 13 anos da Lei Maria da Penha, os avanços e conquistas na defesa e proteção das mulheres. O objetivo é sensibilizar a sociedade sobre a violência doméstica e familiar contra a mulher e divulgar a Lei Maria da Penha, por meio de palestras, debates, encontros, panfletagens, eventos e seminários.

Jornal Midiamax