Polícia

‘Milagre’, diz polícia sobre mulher que foi torturada por 4 horas pelo ex

Jovem de 22 anos teve parte do rosto desfigurado após sessão de tortura de quatro horas. A polícia disse, nesta terça-feira (16), que foi um ‘milagre’, a vítima ter sobrevivido ao ataque do ex-namorado de 28 anos, na cidade de Paranaíba, distante 407 km de Campo Grande. O crime aconteceu no último sábado (13), quando […]

Dayene Paz Publicado em 16/04/2019, às 17h29 - Atualizado às 17h39

Foto: Divulgação.
Foto: Divulgação. - Foto: Divulgação.

Jovem de 22 anos teve parte do rosto desfigurado após sessão de tortura de quatro horas. A polícia disse, nesta terça-feira (16), que foi um ‘milagre’, a vítima ter sobrevivido ao ataque do ex-namorado de 28 anos, na cidade de Paranaíba, distante 407 km de Campo Grande.

O crime aconteceu no último sábado (13), quando o ex invadiu a casa da vítima, por volta das 2h da madrugada.Foram quatro horas de espancamento e na residência, foram encontradas manchas de sangue em maçanetas e paredes.

A primeira informação era de que a a mãe da vítima teria acionado a polícia após saber das agressões, mas a polícia informou nesta terça que a jovem convenceu o ex para que fossem a casa da mãe do suspeito, afirmando que não contaria a ninguém do ocorrido. Quando a vítima chegou na casa da ex-sogra, foi socorrida e levada para o hospital da cidade.

O homem foi preso escondido atrás da porta da própria residência, na avenida Três Lagoas, em Paranaíba. Ele passou por audiência de custódia e teve a prisão preventiva decretada. Conforme o site JP News, testemunhas relataram que o homem já teria agredido a vítima outras vezes.

O caso

A sessão de espancamento e humilhação aconteceu no último sábado (13), quando o homem pulou o muro da residência da vítima a surpreendendo. Ela estava ao celular quando o ex passou a espancá-la. A vítima está com os olhos roxos e inchados, vários hematomas pelo corpo e rosto.

Jornal Midiamax