Polícia

Menino que teve pescoço cortado por linha com cerol tem melhora no hospital

Por volta das 12 horas de terça-feira (17), o menino de 6 anos que foi gravemente ferido por uma linha com cerol na tarde de domingo (15) foi extubado, retirado da ventilação mecânica que o ajudava a respirar. Ele continua internado na Santa Casa de Campo Grande, mas já apresentou melhora. Após passar por cirurgia […]

Renata Portela Publicado em 18/12/2019, às 09h59

Imagem ilustrativa
Imagem ilustrativa - Imagem ilustrativa

Por volta das 12 horas de terça-feira (17), o menino de 6 anos que foi gravemente ferido por uma linha com cerol na tarde de domingo (15) foi extubado, retirado da ventilação mecânica que o ajudava a respirar. Ele continua internado na Santa Casa de Campo Grande, mas já apresentou melhora.

Após passar por cirurgia gerale também cirurgia vascular, por conta do ferimento complexo na região cervical, ainda na noite de domingo, o menino permaneceu no CTI (Centro de Terapia Intensiva) pediátrico. Na terça-feira ele foi retirado da intubação e também foi retirada a sedação.

O menino segue em observação no CTI e o estado de saúde é considerado estável no momento.

Acidente

De acordo com a avó da criança, Maria Vitorino, 51 anos, o menino saiu de casa para andar de bicicleta e, quando estava transitando pela rua do condomínio, bateu o pescoço na linha que uma outra criança teria amarrado em uma cadeira e em um pedaço de madeira.

O menino voltou para casa chorando e com o pescoço ensanguentado e foi levado para a Santa Casa.

Jornal Midiamax