Incêndio em capela de MS foi criminal, aponta perícia

O incêndio que destruiu a Capela Nossa Senhora Aparecida, em Aquidauana, no dia 31 de dezembro do ano passado, foi criminal, segundo dados da perícia da Polícia Civil. A perícia concluiu que o suspeito teria jogado combustível dentro da capela para provocar o incêndio. A capela foi inaugurada no dia 12 de outubro de 2002 […]
| 01/03/2019
- 16:43
Incêndio em capela de MS foi criminal, aponta perícia

O que destruiu a Capela Nossa Senhora Aparecida, em Aquidauana, no dia 31 de dezembro do ano passado, foi criminal, segundo dados da perícia da Polícia Civil.

A perícia concluiu que o suspeito teria jogado combustível dentro da capela para provocar o incêndio.

A capela foi inaugurada no dia 12 de outubro de 2002 e, de acordo com o site O Pantaneiro, foi por diversas vezes alvo de vândalos, inclusive em 2013.

Veja também

Últimas notícias