Polícia

Idoso deixa vela acesa ao dormir e morre queimado após casa pegar fogo

Alexandre Almeida, de 75 anos, morreu queimado na madrugada desta quarta-feira (25) depois da casa dele pegar fogo. Uma vela pode ter causado o incêndio, na Aldeia Bororó, em Dourados, distante 233 quilômetros de Campo Grande.  Conforme informações do Boletim de Ocorrência, por volta das 1h, a casa onde Alexandre morava começou a pegar fogo. […]

Renata Volpe Publicado em 25/12/2019, às 08h24 - Atualizado em 26/12/2019, às 08h31

Idoso foi tirado de dentro da casa, mas morreu com queimaduras graves. (Sidnei Bronka, Divulgação)
Idoso foi tirado de dentro da casa, mas morreu com queimaduras graves. (Sidnei Bronka, Divulgação) - Idoso foi tirado de dentro da casa, mas morreu com queimaduras graves. (Sidnei Bronka, Divulgação)

Alexandre Almeida, de 75 anos, morreu queimado na madrugada desta quarta-feira (25) depois da casa dele pegar fogo. Uma vela pode ter causado o incêndio, na Aldeia Bororó, em Dourados, distante 233 quilômetros de Campo Grande. 

Conforme informações do Boletim de Ocorrência, por volta das 1h, a casa onde Alexandre morava começou a pegar fogo. Os familiares do idoso comemoravam o Natal e perceberam fumaça saindo da residência e foram até o local. 

O neto de Alexandre contou que foi com a esposa e com a mãe dele, uma idosa, até a casa, mas a porta estava trancada. O neto arrombou a porta, mas como tinha muita fumaça, não enxergava nada. A idosa encontrou Alexandre e o tirou da cama e de dentro da casa. 

Ainda conforme o Boletim de Ocorrência, o neto contou que do lado de fora da casa, Alexandre ainda estava respirando. Segundo o neto, a vítima tinha costume de acender uma vela próximo da cama. 

O Corpo de Bombeiros foi acionado, mas Alexandre já estava morto. Os bombeiros relataram que devido às queimaduras, a pele das mãos e do pescoço da vítima se soltaram.  A idosa que socorreu Alexandre passou mal e foi levada ao hospital. 

Jornal Midiamax