Funcionários de fazenda se matam a tiros de pistola durante briga na fronteira

Dois funcionários de uma fazenda em Pedro Juan Caballero, na fronteira com o Paraguai se mataram a tiros neste sábado (16). Antes disso, eles teriam atirado contra dois cavalos que também morreram. Morreram Júlio Echague e Isabelino Quiñones. O tratorista da fazenda encontrou os corpos e chamou a polícia. O crime teria acontecido após uma […]
| 17/03/2019
- 17:19
Funcionários de fazenda se matam a tiros de pistola durante briga na fronteira

Dois funcionários de uma fazenda em Pedro Juan Caballero, na fronteira com o Paraguai se mataram a tiros neste sábado (16). Antes disso, eles teriam atirado contra dois cavalos que também morreram.

Morreram Júlio Echague e Isabelino Quiñones. O tratorista da fazenda encontrou os corpos e chamou a polícia. O crime teria acontecido após uma discussão entre os dois, momento em que mataram a tiros de pistola o cavalo um do outro.

Em seguida, Júlio teria atirado contra Isabelino que revidou. Eles morreram no local. Os corpos foram encontrados a 200 metros da sede da fazenda, segundo o site Porã News. O caso é investigado e não se sabe o que teria motivado a briga.

Veja também

Últimas notícias