Polícia

Estudante que mora em apartamento de luxo é preso vendendo ecstasy na Capital

Foi preso na noite desta segunda-feira (29), em Campo Grande um estudante de 21 anos, que comercializada ecstasy, maconha e haxixe. Ele foi preso após denúncias anônimas. No apartamento de luxo, onde ele morava, na Via Park a polícia encontrou vários compridos de ecstasy. O estudante foi preso por volta das 23 horas desta segunda […]

Thatiana Melo Publicado em 30/04/2019, às 11h29 - Atualizado às 17h30

None

Foi preso na noite desta segunda-feira (29), em Campo Grande um estudante de 21 anos, que comercializada ecstasy, maconha e haxixe. Ele foi preso após denúncias anônimas. No apartamento de luxo, onde ele morava, na Via Park a polícia encontrou vários compridos de ecstasy.

O estudante foi preso por volta das 23 horas desta segunda (29), quando encontrado comercializando ecstasy, haxixe e maconha no loteamento Paulo IV. O jovem levou a polícia até o apartamento dele e lá foram localizados mais 16 comprimidos de ecstasy, que eram vendidos cada um a R$ 70 reais.

A polícia também prendeu nesta segunda (29), um casal que também estava comercializando ecstasy e anabolizantes, na região central de Campo Grande, na esquina da Avenida Ernesto Geisel. Durante a abordagem, os militares encontraram 21 comprimidos de ecstasy com o casal.

Já na casa deles, no Portal Caiobá, foram localizados ainda três fracos de anabolizantes, porções de maconha, cocaína e R$ 3.700 em espécie. Além dos reais, a polícia ainda encontrou dólares e euros em várias carteiras do casal. O veículo Ford Ecosport foi apreendido pela polícia.

Estudante que mora em apartamento de luxo é preso vendendo ecstasy na Capital

Jornal Midiamax