Polícia

Mais um: preso é achado morto na Máxima 3 dias após ser transferido

Na manhã desta segunda-feira (9), Gustavo Sampaio Alves de Souza de 19 anos foi encontrado morto em uma das celas do Estabelecimento Penal Jair Ferreira de Carvalho, o Presídio de Segurança Máxima de Campo Grande. Ele cumpria pena por tráfico de drogas. Conforme as informações da Agepen (Agência Estadual de Administração do Sistema Penitenciário), os […]

Renata Portela Publicado em 09/09/2019, às 09h55 - Atualizado às 10h40

Imagem ilustrativa (Foto: Marcos Ermínio, Midiamax)
Imagem ilustrativa (Foto: Marcos Ermínio, Midiamax) - Imagem ilustrativa (Foto: Marcos Ermínio, Midiamax)

Na manhã desta segunda-feira (9), Gustavo Sampaio Alves de Souza de 19 anos foi encontrado morto em uma das celas do Estabelecimento Penal Jair Ferreira de Carvalho, o Presídio de Segurança Máxima de Campo Grande. Ele cumpria pena por tráfico de drogas.

Conforme as informações da Agepen (Agência Estadual de Administração do Sistema Penitenciário), os agentes encontraram Gustavo enforcado com uma corda artesanal na cela 103, de inclusão. A corda estava amarrada nas grades.

Gustavo cumpria pena por tráfico de drogas e estava preso em Caarapó, sendo transferido para a Máxima na última sexta-feira (6). Polícia Civil, Perícia e Funerária estiveram no local e o caso será investigado pela 3ª Delegacia de Polícia Civil.

Jornal Midiamax