Polícia

Desentendimento teria motivado assassinato de jovem no Tiradentes

Um desentendimento pode ter sido o grande causador da morte de Fernando Garcia de Arruda, de 25 anos, executado na tarde deste sábado (28) com pelo menos 13 tiros, na rua da Flauta, no bairro Tiradentes. A polícia ainda investiga todas as hipóteses e tenta montar o quebra-cabeça inteiro. Entretanto, a investigação faz com que […]

Vinícius Costa Publicado em 28/09/2019, às 23h00 - Atualizado em 29/09/2019, às 12h57

(Renata Portela, Midiamax)
(Renata Portela, Midiamax) - (Renata Portela, Midiamax)

Um desentendimento pode ter sido o grande causador da morte de Fernando Garcia de Arruda, de 25 anos, executado na tarde deste sábado (28) com pelo menos 13 tiros, na rua da Flauta, no bairro Tiradentes. A polícia ainda investiga todas as hipóteses e tenta montar o quebra-cabeça inteiro.

Entretanto, a investigação faz com que a polícia já tenha as alcunhas dos suspeitos que teriam praticado o crime. O rapaz foi encontrado morto com 9 tiros nas costas, um na costela, um no ombro, outro na mão esquerda e um na pélvis.

De acordo com o boletim de ocorrências, a vítima estava em frente a um bar localizado na esquina da rua da Flauta, local que foi assassinado, quando em determinado momento, dois homens teriam surgido em uma moto vermelha.

Militares da Gecam (Grupo Especializado com Apoio de Motos), inclusive, receberam informações de vizinhos sobre possível paradeiro dos autores. O caso foi registrado na Depac Piratininga como homicídio qualificado por recurso que dificultou a defesa da vítima.

(Colaborou Aliny Mary Dias e Renata Portela)

Jornal Midiamax