Polícia

Casal é rendido em garagem, tem arma apontada na cabeça e joias levadas por bandidos

Casal de namorados viveu momentos de terror na madrugada deste domingo (4), ao chegar em casa no Bairro Universitário e ser abordado por homens armados. Eles foram ameaçados, a mulher de 23 anos teve arma apontada para a cabeça e ambos tiveram as joias que usavam levadas pelos bandidos. Conforme informações policiais, o casal foi […]

Mariana Rodrigues Publicado em 04/08/2019, às 09h49 - Atualizado às 10h34

Foto: Ilustrativa
Foto: Ilustrativa - Foto: Ilustrativa

Casal de namorados viveu momentos de terror na madrugada deste domingo (4), ao chegar em casa no Bairro Universitário e ser abordado por homens armados. Eles foram ameaçados, a mulher de 23 anos teve arma apontada para a cabeça e ambos tiveram as joias que usavam levadas pelos bandidos.

Conforme informações policiais, o casal foi até a delegacia e contou o que havia ocorrido. O casal de namorados chegou na casa da jovem de carro por volta das 00h, assim que entraram na garagem e a jovem saiu do carro, foi abordada por um homem armado com revólver possivelmente calibre 38.

Ela relata que se lembra que ele usava calça jeans clara, casaco de moletom cinza com touca, magro, moreno e idade entre 20 a 23 anos e já chegou apontando a arma de fogo em sua cabeça onde passou a ordenar: “Fala para ele (namorado) abrir a porta (do carro) ”.

O namorado da jovem, um rapaz de 26 anos, imediatamente desceu do carro pedindo para que o autor se acalmasse. Nesse momento outro homem moreno, que usava moletom vermelho de touca e camisa no rosto que dificultou a visualização de seu rosto, se aproximou e passou a puxar sua corrente, mas pelo fato da corrente ser grossa os autores não conseguiram subtraí-la naquele momento, fato que os deixou irritado.

A todo momento as vítimas pediam para que os bandidos se acalmassem e disse que iria tirar a corrente e a pulseira que estava usando. O homem conta que temendo por sua segurança e de sua namorada tirou sua corrente e pulseira e entregou para um dos autores. O autor que portava a arma de fogo, puxou a corrente do pescoço da mulher conseguindo arrancá-la.

Os bandidos fugiram em um Fiat Uno quatro portas, sentido Bairro Santo Eugênio. A vítima informa que um vizinho possui monitoramento por câmeras e solicitará ao proprietário a vistoria das imagens, e caso tenha registrado a movimentação dos autores. O caso foi registrado na Depac (Delegacia de Pronto Atendimento Comunitário) Piratininga.

Jornal Midiamax