Polícia

Alvo de 15 disparos, brasileiro é executado na fronteira

Mais um brasileiro foi executado na fronteira com o Paraguai na noite desta sexta-feira (3). Carlos Simeon Gomes Quevedo, vulgo ‘pulga’, foi morto após ataque com ao menos 15 disparos de pistola 9 milímetros. Uma das linhas de investigação é que a morte tratou-se de um possível acerto de contas. Apesar da suspeita, a polícia […]

Maisse Cunha Publicado em 03/05/2019, às 21h14

Policia não descarta nenhuma hipótese (Foto: Reprodução/Porã News)
Policia não descarta nenhuma hipótese (Foto: Reprodução/Porã News) - Policia não descarta nenhuma hipótese (Foto: Reprodução/Porã News)

Mais um brasileiro foi executado na fronteira com o Paraguai na noite desta sexta-feira (3). Carlos Simeon Gomes Quevedo, vulgo ‘pulga’, foi morto após ataque com ao menos 15 disparos de pistola 9 milímetros. Uma das linhas de investigação é que a morte tratou-se de um possível acerto de contas.

Apesar da suspeita, a polícia não descarta nenhuma hipótese. Segundo o Porã News, a vítima estava de carro, acompanhada de uma amiga, quando foi alvo de pistoleiros a bordo de uma motocicleta estrangeira pelas ruas do bairro Mariscal Estigarriba, em Pedro Juan Caballero. As placas do veículo da vítima são de Guaíra, no Paraná.

Pulga chegou a ser levado para o Hospital Regional de Pedro Juan Caballero, mas não resistiu aos ferimentos e morreu logo depois. Divisão de Homicídios foi acionada e o local foi periciado pela Polícia Técnica, com apoio da promotora de Justiça Katia Uemura.

Jornal Midiamax