Polícia

9 brasileiros que estudavam Medicina no Paraguai são expulsos

9 estudantes brasileiros que cursavam Medicina no Paraguai foram expulsos do país nesta quarta-feira (24), após terem sido flagrados portando e consumindo drogas em uma residência no dia 6 de abril, na cidade de Pedro Juan Caballero, na fronteira com o município sul-mato-grossense de Ponta Porã, a 298 quilômetros de Campo Grande. Eles foram denunciados […]

Renan Nucci Publicado em 24/04/2019, às 18h27 - Atualizado em 25/04/2019, às 09h49

Foto: Amambay 570
Foto: Amambay 570 - Foto: Amambay 570

9 estudantes brasileiros que cursavam Medicina no Paraguai foram expulsos do país nesta quarta-feira (24), após terem sido flagrados portando e consumindo drogas em uma residência no dia 6 de abril, na cidade de Pedro Juan Caballero, na fronteira com o município sul-mato-grossense de Ponta Porã, a 298 quilômetros de Campo Grande.

Eles foram denunciados por vizinhos que já não aguentavam a algazarra no local que o grupo frequentava. Durante fiscalização as autoridades paraguaias flagraram 12 pessoas, sendo um paraguaio e 11 brasileiros. Destes 11, dois estavam com a documentação em dia, porém, nove estavam em situação ilegal e sequer tinham vistos de estudantes.

Por este motivo, os dois que estavam em dia conseguiram recorrer, mas os outros 9, dentre os quais três mulheres, não tiveram escolha e acabaram expulsos. De acordo com a rádio Amambay 570, o paraguaio foi condenado e vai cumprir pena realizando trabalhos sociais. Por volta das 11 horas eles foram entregues pelas na linha internacional.

Jornal Midiamax