Polícia

Universitário suspeito de estuprar colegas tem liberdade provisória decretada

Teve liberdade provisória decretada o universitário de 20 anos suspeito de ter estuprado duas colegas de curso, alunas da UFMS (Universidade Federal de Mato Grosso do Sul) de Três Lagoas. O suspeito passou por audiência de custódia nesta terça-feira (31) e após análise da Justiça, deve responder pelo caso em liberdade. De acordo com denúncia […]

Clayton Neves Publicado em 31/10/2018, às 16h41 - Atualizado em 01/11/2018, às 08h06

Foto: Divulgação
Foto: Divulgação - Foto: Divulgação

Teve liberdade provisória decretada o universitário de 20 anos suspeito de ter estuprado duas colegas de curso, alunas da UFMS (Universidade Federal de Mato Grosso do Sul) de Três Lagoas. O suspeito passou por audiência de custódia nesta terça-feira (31) e após análise da Justiça, deve responder pelo caso em liberdade.

De acordo com denúncia registrada na Dam (Delegacia de Atendimento à Mulher), que investiga o caso, o crime teria acontecido na segunda-feira (29) durante confraternização na república onde o rapaz mora. A vítimas, ambas de 21 anos, teriam dormido no local depois de passarem mal durante churrasco.

No dia seguinte, as jovens teriam acordado reclamando de dores e foram embora. Uma delas teria percebido o estupro ao chegar em casa e contou a situação para um dos colegas que confirmou ter visto o suspeito com a mão dentro do short da estudante enquanto ela dormia.

O caso foi denunciado e equipe da polícia foi até a casa do suspeito e apreendeu o lençol que estava na cama. O estudante foi localizado na casa da mãe e acabou preso em flagrante por estupro

Na noite de terça-feira (30), cerca de 150 estudantes protestaram no câmpus da universidade cobrando apuração do caso e mais segurança nas dependências da unidade.

Jornal Midiamax