Suspeito de execução em bar por causa de sinuca é preso no Los Angeles

Rogério da Silva Justino, de 34 anos, foi preso nesta segunda-feira (21) pelo assassinato de Edimar Barros Da Silva, de 42 anos, ocorrido no dia 30 de abril em um bar na Rua Grace Kelly, no Jardim Colibrí II em Campo Grande. Ele foi preso no Bairro Jardim Los Angeles. Contra Rogério, que estava como […]
| 23/05/2018
- 03:00
Suspeito de execução em bar por causa de sinuca é preso no Los Angeles

Rogério da Silva Justino, de 34 anos, foi preso nesta segunda-feira (21) pelo assassinato de Edimar Barros Da Silva, de 42 anos, ocorrido no dia 30 de abril em um bar na Rua Grace Kelly, no Jardim Colibrí II em Campo Grande. Ele foi preso no Bairro Jardim Los Angeles.

Contra Rogério, que estava como foragido, havia um mandado em aberto expedido pela Justiça. A prisão foi feita por policiais do Sig (Setor de Investigações Gerais) da 5ª delegacia.

Execução

De acordo com o registro policial, a polícia foi acionada e ao chegar no local encontrou a vítima Edimar Barros Da Silva já sem vida com várias perfurações de arma de fogo.

Edimar foi atingido por dois tiros no abdômen, seis tiros na cabeça, mais precisamente na região temporal próxima ao ouvido e no ouvido do lado direito, e um tiro no braço esquerdo.

No local do crime os policiais encontraram 12 cápsulas deflagradas e dois projeteis. Segundo uma testemunha, um jogo de sinuca teria gerado desavença entre vítima de autor.

Veja também

A Polícia Militar Rodoviária apreendeu carga de maconha avaliada em R$ 435 mil, na MS...

Últimas notícias