Polícia

Sequestro de jovens que estavam em casa mobiliza polícia na fronteira

  A Polícia paraguaia e a polícia em Ponta Porã, cidade a 298 quilômetros de Campo Grande, estão em alerta por causa de um sequestro ocorrido na tarde desta quarta-feira (27) em Pedro Juan Caballero no Paraguai. Raiza Raquel Bogado Benítez, 18, e um adolescente de 15 anos, ambos de nacionalidade paraguaia, foram levados. De […]

Diego Alves Publicado em 28/06/2018, às 20h53 - Atualizado às 21h48

None

A Polícia paraguaia e a polícia em Ponta Porã, cidade a 298 quilômetros de Campo Grande, estão em alerta por causa de um sequestro ocorrido na tarde desta quarta-feira (27) em Pedro Juan Caballero no Paraguai. Raiza Raquel Bogado Benítez, 18, e um adolescente de 15 anos, ambos de nacionalidade paraguaia, foram levados.

De acordo com o site Porã News, os dois foram sequestrados em uma casa, localizada no Bairro São Geraldo em Pedro Juan Caballero. Os sequestradores teriam chegado e, após arrombar a porta da casa, levaram os jovens.

No local, agentes da Divisão de Homicídios da Policia Nacional e da Polícia Técnica encontraram várias marcas de botas no chão.

De acordo com a mãe Raiza, a jovem chegou a fazer uma ligação após sequestrada, dizendo que estava próximo a um posto de combustível, a aproximadamente dois quilômetros de Ponta Porã. Porém, a ligação caiu e desde então não se tem mais informações das vítimas.

Informações indicam que Raiza teria tido uma discussão com uma mulher durante o final de semana em uma festa situada no bairro onde mora. Os investigadores procuram por pistas que identifiquem a mulher e os autores do sequestro.

Na manhã desta quinta-feira, foi realizado vários bloqueios policiais nas ruas e avenidas próximas à fronteira com o Brasil.

Jornal Midiamax