Polícia

VÍDEO: presos que escalaram caixa d’água pedem transferência e reclamam de spray de pimenta

Os três presos que escalaram a caixa d’ água do Instituto Penal de Campo Grande na manhã desta sexta-feira (13) pedem transferência para estabelecimentos penais do interior de Mato Grosso do Sul. Aos gritos, eles alegam que sofrem maus tratos dentro da unidade da Agepen (Agência de Administração do Sistema Penitenciário). Segundo as denúncias dos […]

Thatiana Melo Publicado em 13/07/2018, às 08h55 - Atualizado às 17h03

None

Os três presos que escalaram a caixa d’ água do Instituto Penal de Campo Grande na manhã desta sexta-feira (13) pedem transferência para estabelecimentos penais do interior de Mato Grosso do Sul. Aos gritos, eles alegam que sofrem maus tratos dentro da unidade da Agepen (Agência de Administração do Sistema Penitenciário).

Segundo as denúncias dos presos, eles estariam sem alimentação há 10 dias e teriam sido feridos com spray de pimenta. Eles citam o nome de um agente penitenciário como responsável pelo caso.

A Agepen desmente as informações de falta de alimentação e garante que são oferecidas três refeições diariamente aos detentos do estabelecimento penal. Ainda de acordo com o órgão, os presos revoltados estariam em uma ala disciplinar por mau comportamento.

Não há informações de como eles teriam escalado a caixa d’ água.

Moradores da região contaram ao Jornal Midiamax que durante a noite desta quinta-feira (12), por volta das 20h40 era possível ouvir barulhos que vinham do estabelecimento penal. “Pareciam que iam derrubar as paredes”, disse uma moradora que não quis se identificar.

Jornal Midiamax