Polícia

Polícia prende quadrilha de mulheres especializada em levar drogas a presídio

Cinco foram detidas, incluindo duas adolescentes

Mariane Chianezi Publicado em 30/03/2018, às 12h48

None

Cinco foram detidas, incluindo duas adolescentes

A polícia prendeu quadrilha formada por mulheres especializadas em traficar drogas para presídios, na madrugada desta sexta-feira (30), em Campo Grande. Rosineide Machado Silva, de 40 anos, Gleira Mary Souza, de 39 e uma mulher identificada apenas como Jocileide, de 38, foram presas, além de duas adolescentes, que foram apreendidas.

Conforme informações do delegado plantonista Ricardo Meirelles, da Depac (Delegacia de Pronto Atendimento Comunitário) da Vila Piratininga, a polícia chegou até as suspeitas depois que o Garras ( Delegacia Especializada de Repressão a Roubos a Banco, Assaltos e Sequestros) recebeu denúncia.

Depois de investigações, a polícia chegou até a casa de Rosineide, na Avenida Guaicurus. Na residência, foram encontrados 16 kg de maconha e posteriormente, ela confessou o crime e delatou as comparsas.

Foi identificado que Gleira trabalhava como empregada doméstica em imóvel no Jardim Autonomista e usava a casa do patrão como depósito de drogas.Polícia prende quadrilha de mulheres especializada em levar drogas a presídio

Uma das adolescentes foi liberada pois não tinha passagens policiais, já a segunda menor envolvida, foi apreendida pois já havia cometido infração de tráfico de drogas. Ela tem um filho de dois meses.

As suspeitas foram presas em flagrante e responderão por tráfico de drogas, associação para o tráfico, corrupção de menores e associação criminosa. Além dos 16 kg de maconha, a polícia encontrou 160 gramas de cocaína com uma das adolescentes.

Jornal Midiamax