Polícia

Peças usadas em aeronaves apreendidas estavam adulteradas

As investigações ainda estão em andamento

Mariana Rodrigues Publicado em 16/03/2018, às 15h33

None

As investigações ainda estão em andamento

As investigações que devem comprovar se peças usadas em aeronaves podem ser produto de roubo ou furto ainda estão em andamento, segundo informações da delegada titular da Deco (Delegacia Especializada de Combate ao Crime Organizado) Ana Cláudia Medina. Serão necessárias diligências mais aprofundadas, que devem apontar se as peças se tratam de roubo e furto.

Segundo informações da delegada titular da Deco (Delegacia Especializada de Combate ao Crime Organizado), Ana Cláudia Medina, o que ficou comprovado é que as peças estão remarcadas e possuem origem ilícita, o que configura crime e dificulta saber a origem e procedência.

“Elas (as peças) estão adulteradas, o que agrava ainda mais a segurança de voo, porque não tem condições de indicar o que aconteceu com essas peças entes delas serem colocadas na aeronave”, disse.

Jornal Midiamax