Polícia

Padrasto acusado de estuprar enteada por 11 anos é preso tentando fugir

Vítima está escondida na casa de parentes

Thatiana Melo Publicado em 23/01/2018, às 12h45

None

Vítima está escondida na casa de parentes

Após ter sido acusado de estuprar a enteada desde que ela tinha 10 anos, o padrasto da jovem que hoje está com 21 anos, acabou sendo detido e levado para a delegacia de polícia na noite de ontem, segunda-feira (22), quando tentava fugir.

Um tio da jovem contou ao Jornal Midiamax, que a sobrinha mora em Campo Grande, mas fugiu para Aquidauana, a 135 quilômetros da Capital, para fazer a denúncia contra o suspeito depois de várias ameaças feitas por ele.

Ainda de acordo com informações, ao saber sobre a denúncia feita pela enteada, o homem teria pedido dinheiro emprestado a um conhecido para fugir da polícia. Nesta segunda (22), a polícia foi acionada depois que populares tentaram linchar o suspeito.

Ele acabou sendo levado para a delegacia. “Eu não acredito que ele esteja preso. Acho que foi liberado por que ainda não foi expedido o mandado de prisão, e se isso aconteceu com certeza ele já está bem longe”, fala o tio da jovem. A vítima está escondida na casa de parentes, já que depois do registro da ocorrência passou a mandar mensagens ameaçando ela.Padrasto acusado de estuprar enteada por 11 anos é preso tentando fugir

O estupro

A jovem procurou a delegacia de polícia da cidade para denunciar o padrasto, relatando que desde os 10 anos é abusada sexualmente por ele. Ao completar 16 anos ela afirma que aconteceu a conjunção carnal. Hoje o autor está separado da mãe da jovem.

De acordo com informações do site O Pantaneiro, mesmo separado da mãe da vítima o homem ainda a persegue, e faz ameaças para manter relações sexuais com ela. Na delegacia, a vítima contou que o ex-padrasto teria afirmado que ela não ficaria com ninguém, já que não poderia ser dele.

O autor ainda disse ter em sua posse mais de 400 fotos da jovem com ele e que mostraria para toda a sua família. O caso é investigado pela polícia.

Jornal Midiamax