Polícia

Paciente faz cirurgia no cérebro, morre com os pés inchados e família suspeita de negligência

Uma família de Campo Grande procurou a Polícia Civil para registrar a morte de um homem de 38 anos, em um hospital particular de Campo Grande. De acordo com o boletim de ocorrência, a vítima fez uma cirurgia no cérebro no começo deste mês. Na última semana, ele passou a queixar-se de dores nas pernas […]

Wendy Tonhati Publicado em 27/10/2018, às 06h50 - Atualizado às 08h29

None

Uma família de Campo Grande procurou a Polícia Civil para registrar a morte de um homem de 38 anos, em um hospital particular de Campo Grande. De acordo com o boletim de ocorrência, a vítima fez uma cirurgia no cérebro no começo deste mês. Na última semana, ele passou a queixar-se de dores nas pernas e a família suspeita de negligência médica relacionada à trombose.

O boletim de ocorrência foi registrado pela mãe do paciente. Ela relatou que o filho foi internado para a retirada de um tumor no cérebro e realizou o procedimento no dia 3 de outubro. Na última semana, conforme a mãe, ele passou a reclamar de dores nas pernas, porém, as enfermeiras teriam dito que era normal.

A mãe relatou que era possível ver os pés do filho inchados e foi pedido ao médico meias de compressão. Ela disse ainda, que ouviu de um enfermeiro, que era “frescura e que estava tudo bem com o paciente”.

O homem não resistiu e morreu na tarde do sábado. Os familiares suspeitam que ele tenha vindo a óbito por causa de trombose e que ocorreu negligência médica.

O caso foi registrado como morte a esclarecer na Depac (Delegacia de Pronto Atendimento Comunitário) Centro.

Jornal Midiamax