Polícia

“Não preciso disso”: preso por tráfico esnoba polícia e ostenta cachorro de R$ 10 mil

Trio de traficantes foi preso com mais de uma tonelada de maconha na manhã desta quinta-feira (1º), em Campo Grande. Na delegacia, um suspeitos desdenhou de ação da polícia e ostentou cão da raça bulldog inglês, que, segundo ele, é avaliado em R$ 10  mil. “Eu não precisa disso”, justificou. De acordo com a polícia, […]

Clayton Neves Publicado em 01/11/2018, às 15h42 - Atualizado em 02/11/2018, às 09h17

Foto: Minamar Júnior
Foto: Minamar Júnior - Foto: Minamar Júnior

Trio de traficantes foi preso com mais de uma tonelada de maconha na manhã desta quinta-feira (1º), em Campo Grande. Na delegacia, um suspeitos desdenhou de ação da polícia e ostentou cão da raça bulldog inglês, que, segundo ele, é avaliado em R$ 10  mil. “Eu não precisa disso”, justificou.

“Não preciso disso”: preso por tráfico esnoba polícia e ostenta cachorro de R$ 10 mil
Foto: Minamar Júnior

De acordo com a polícia, na noite desta quarta-feira (31) equipe da PRF (Polícia Rodoviária Federal) fazia rondas de rotina na BR-262 quando, ao avistar a viatura, condutor de uma caminhonete S-10 que seguia rumo a Três Lagoas, apresentou atitude suspeita e retornou o trajeto, voltando para Campo Grande.

Desconfiados, policiais entraram em contato com a Denar (Delegacia Especializada de Repressão ao Narcotráfico), na Capital, e passaram a monitorar o veículo que entrou em um hotel às margens da rodovia. Minutos depois, automóvel Honda Fit também entrou no local em que o motorista da S-10 estava.

“Não preciso disso”: preso por tráfico esnoba polícia e ostenta cachorro de R$ 10 mil
Foto: Minamar Júnior

Pela manhã, o trio, uma mulher de 45 anos, e dois homens, um de 20 e outro de 37 anos, foram abordados no momento em que tomavam café da manhã. Em vistoria na caminhonete estacionada, policiais encontraram diversos tabletes que somaram uma tonelada e 82 quilos de maconha.

No Honda Fit, policiais encontraram um rádio comunicador sintonizado na mesma frequência de um segundo aparelho localizado na S-10.  

Preso em flagrante por tráfico de drogas, o rapaz de 20 anos que conduzia a caminhonete confessou o crime e disse que receberia R$ 10 mil para levar a carga de Ponta Porã até Três Lagoas. O casa que estava no outro veículo negou o crime. No carro com eles estava uma fêmea de bulldog inglês que foi levada para a delegacia.  

Em entrevista, o motorista do Honda Fit disse que ele e a mulher criam cães da raça e por isso, segundo ele, não precisam se envolver com o crime.

“Não preciso disso”: preso por tráfico esnoba polícia e ostenta cachorro de R$ 10 mil
Foto: Minamar Júnior

O trio vai responder por tráfico de drogas e a droga e os veículos foram apreendidos. De acordo com o delegado responsável pelo caso, se nenhum familiar solicitar a retirada do cachorro apreendido, o animal será levado para o CCZ (Centro de Controle de Zoonoses).

Jornal Midiamax