Polícia

Motorista foge para não pagar gasolina, é perseguido e polícia atira contra carro

Um motorista de 36 anos foi detido neste domingo (14) ao fugir de um posto de combustível, em Campo Grande, no Universitário, para não pagar a conta depois de abastecer o carro. Houve perseguição. Após abastecer o carro em um posto de combustível, na Rua Ana Luísa de Souza, um motorista fugiu em alta velocidade […]

Thatiana Melo Publicado em 15/10/2018, às 06h46 - Atualizado às 16h05

None

Um motorista de 36 anos foi detido neste domingo (14) ao fugir de um posto de combustível, em Campo Grande, no Universitário, para não pagar a conta depois de abastecer o carro. Houve perseguição.

Após abastecer o carro em um posto de combustível, na Rua Ana Luísa de Souza, um motorista fugiu em alta velocidade no fim da tarde deste domingo (14). O frentista do local começou a correr e gritar para policiais que estavam parados pertos, que se tratava de um assalto.

Os militares começaram, então, a perseguir o carro dando ordem de parada, que não foi obedecida pelo motorista que estava na companhia de uma mulher. Foi necessário que tiros fossem disparados contra os pneus do veículo para que o homem parasse.

Ao parar o carro, os policiais perguntaram o porquê ele teria fugido.  No primeiro momento disse ter uma dívida com um frentista, mas acabou desmentido pelo funcionário do posto. O motorista acabou confessando ter saído sem pagar. Ele teria abastecido o valor de R$ 80.

O homem foi levado para a delegacia e se comprometeu a pagar a conta. O caso foi registrado como outras fraudes.

Jornal Midiamax