Polícia

Detento de 37 anos da Máxima é encontrado morto dentro de cela

Um detento do Estabelecimento Penal de Segurança Máxima, em Campo Grande, foi encontrado morto dentro da cela, na noite do domingo (15). De acordo com o boletim de ocorrência, o preso foi identificado como Silvano Dorneles, 37 anos. Detentos do presídio acionaram os agentes penitenciários e disseram que Dorneles havia passado mal. O Corpo de […]

Wendy Tonhati Publicado em 16/07/2018, às 08h36 - Atualizado em 17/07/2018, às 22h31

None

Um detento do Estabelecimento Penal de Segurança Máxima, em Campo Grande, foi encontrado morto dentro da cela, na noite do domingo (15). De acordo com o boletim de ocorrência, o preso foi identificado como Silvano Dorneles, 37 anos.

Detentos do presídio acionaram os agentes penitenciários e disseram que Dorneles havia passado mal. O Corpo de Bombeiros foi acionado, mas ele não resistiu e morreu dentro de presídio.

Consta no registro da ocorrência que a vítima apresentava lesões na perna, sangramento na boca e um pó branco sobre a face.

Conforme informações do TJ MS (Tribunal de Justiça de Mato Grosso do Sul), Dorneles cumpria pena por receptação.

O caso foi registrado como morte a esclarecer na Depac (Delegacia de Pronto Atendimento Comunitário) Centro e será investigado pela Polícia Civil.

“As circunstâncias do fato serão apuradas pela Agepen. Um procedimento disciplinar está sendo aberto para apurar a conduta dos demais companheiros de cela”, informou a Agepen (Agência Estadual de Gestão do Sistema Penitenciário).

Matéria editada às 10h02 para acréscimo do posicionamento da Agepen. 

Jornal Midiamax