Polícia

Comerciante que estuprou garota tomado por ‘forças sobrenaturais’ é levado para presídio

A Polícia Civil da cidade de Três Lagoas, a 338 quilômetros de Campo Grande, concluiu o inquérito e indiciou o dono de uma sapataria de 30 anos por estuprar uma adolescente de 17 anos. Ele foi levado para o Presídio de Segurança Média da cidade. Segundo a delegada da DAM (Delegacia de Atendimento à Mulher), […]

Thatiana Melo Publicado em 05/09/2018, às 09h26 - Atualizado às 17h12

None

A Polícia Civil da cidade de Três Lagoas, a 338 quilômetros de Campo Grande, concluiu o inquérito e indiciou o dono de uma sapataria de 30 anos por estuprar uma adolescente de 17 anos. Ele foi levado para o Presídio de Segurança Média da cidade.

Segundo a delegada da DAM (Delegacia de Atendimento à Mulher), Patrícia Peixoto, o autor teria confessado o crime sendo preso em flagrante. Durante seu depoimento, a garota contou que trabalhava no local há seis meses.

De acordo com o site JP News, a adolescente ainda disse que nunca havia tido nenhum relacionamento íntimo entre os dois e que esta teria sido a primeira vez que o patrão a atacava. Ela morava na casa do dono da sapataria.

Após a prisão do homem, a garota foi encaminhada para a casa de familiares. O crime aconteceu no dia 26 de agosto, quando a garota e o homem voltavam de um evento religioso.

A adolescente conseguiu pedir ajuda a irmã enviando mensagens pelo celular. Quando preso, o comerciante disse que teria cometido o crime depois de ser tomado por ‘forças sobrenaturais’.

Jornal Midiamax