Polícia

Comerciante agride e ameaça mulher com faca por preço de doce em conveniência

Mulher disse que o preço do produto era muito caro

Tatiana Marin Publicado em 28/04/2018, às 20h31

Imagem ilustrativa
Imagem ilustrativa - Imagem ilustrativa

Uma mulher de 52 anos foi agredida fisicamente em uma conveniência localizada em Bataguassu, a 336 quilômetros de Campo Grande, por volta das 18h deste sábado (28). A mulher reclamou do preço de um doce exposto no balcão, quando uma discussão foi iniciada com o proprietário do estabelecimento.

De acordo com o boletim de ocorrência registrado na Delegacia de Polícia de Bataguassu, a mulher relatou que depois de sair do trabalho, foi até a conveniência, para comprar um pacote de café. Ela decidiu tomar uma cerveja para distrair.

Ao deixar o estabelecimento, decidiu comprar um doce que se encontrava no balcão, mas, por achar o preço muito caro, em relação ao tamanho do doce. Conforme o registro policial, a mulher ter teria dito que não pagaria um preço tão alto para um doce de tamanho tão pequeno.

O comerciante teria se alterado e expulsado a mulher do estabelecimento. Ele a teria ameaçado dizendo que se não saísse, iria agredi-la. A mulher se negou a deixar o local, momento em que o homem desferiu dois tapas em seu rosto, fazendo com que ela caísse ao chão.

Ainda de acordo com a ocorrência, em seguida o proprietário da conveniência pegou um facão e avançou na direção da mulher ordenando que ela fosse embora, caso contrário iria feri-la. A mulher deixou o local e se dirigiu à delegacia de Polícia. Segundo ela, o comerciante riu ao ser informado de que ela registraria boletim de ocorrência.

Jornal Midiamax