Polícia

Com diferença de 13 votos, Cabo Couto é eleito novo presidente da ACS

Votação aconteceu em 22 seções eleitorais no Estado

Diego Alves Publicado em 24/02/2018, às 00h50

None

Votação aconteceu em 22 seções eleitorais no Estado

Com uma diferença de 13 votos, o cabo Mario Sérgio Flores do Couto é o novo presidente da ACS (Associação e Centro Social dos Policiais Militares e Bombeiros Militares de Mato Grosso do Sul) para o próximo quadriênio, tendo como vice o sargento Aparecido Lima da Rocha. Em eleição realizada nesta sexta-feira (23), ele foi escolhido por 694 associados.Com diferença de 13 votos, Cabo Couto é eleito novo presidente da ACS

Segundo a administração da ACS, o resultado é provisório e a recontagem dos votos será realizada na próxima semana, quando as urnas do interior chegarem a Campo Grande. A apuração terminou por volta das 22h. A votação aconteceu em 22 seções eleitorais no Estado, das 7h às 16h.

Em segundo lugar ficou o sargento Amauri Braga de Oliveira, com 681 votos, e, em terceiro, Valdeir Ferreira Montanho, que obteve a preferência de 72 associados. Fabrício de Carvalho Moura foi eleito presidente do Conselho Fiscal da entidade com 847 votos, contra 391 de Laércio Giroto de Souza.

“Esperamos agora que aqueles que depositaram os votos nas urnas possam ser beneficiados com o nosso serviço, com o nosso trabalho, com a nossa luta em prol da entidade. E aqueles que não acreditaram em nós, e foram democráticos, votando em outro candidato, também receberão o nosso serviço. Nós temos uma postura em relação a entidade, não somos partidários”, disse o Cabo Couto.

Casado e pai de dois filhos, Couto nasceu no dia 30 de março de 1967 na cidade de Nioaque. Nos último quatro anos, ocupou o cargo de presidente do Conselho Fiscal da ACS. Além de policial militar, é também bacharel em Teologia pela Faculdade Sul-Americana de Londrina (PR), curso que foi concluído em 2005.

Entre suas propostas de campanha, está a luta pelos direitos e valorização dos policiais, investimentos no setor jurídico da entidade, na transparência e aproximar ainda mais a ACS dos sócios.

Nas 12 regionais, foram eleitos os seguintes candidatos: Ramão Alves Mariano Neto (Aquidauana), Diego Alves Cristaldo (Bataguassu), Victor Hugo Nogueira (Corumbá), Cícero José de Lima (Coxim), Jander Espíndola dos Santos (Dourados), Wyllian Marques de Carvalho (Fátima do Sul), Mário Sérgio Peixoto Leite (Jardim), Rodrigo Nascimento Bonfim (Naviraí), Irmo Mathias Teixeira (Nova Andradina), Marco Antônio Benites (Paranaíba), Rodrigo Leite da Costa (Ponta Porã), Gislomar Elias da Silva (Três Lagoas).

Jornal Midiamax