Polícia

Atropelou quatro em frente a lanchonete, foi preso e disse que ‘não percebeu’

Uma festa em uma lanchonete durante a madrugada deste domingo (4), em Ponta Porã –  a 346 quilômetros de Campo Grande, terminou com quatro pessoas atropeladas depois de uma briga entre dois homens. Um dos envolvidos na briga contou aos policiais que a confusão começou por volta das 3 horas da madrugada deste domingo (4), […]

Thatiana Melo Publicado em 04/11/2018, às 08h29 - Atualizado em 05/11/2018, às 08h44

Foto: Ilustrativa
Foto: Ilustrativa - Foto: Ilustrativa

Uma festa em uma lanchonete durante a madrugada deste domingo (4), em Ponta Porã –  a 346 quilômetros de Campo Grande, terminou com quatro pessoas atropeladas depois de uma briga entre dois homens.

Um dos envolvidos na briga contou aos policiais que a confusão começou por volta das 3 horas da madrugada deste domingo (4), quando o autor de 31 anos, depois da briga, pegou seu veículo Fiat Brava e atropelou propositadamente quatro pessoas que estavam em frente à lanchonete.

Em seguida, ele fugiu. Ao ser preso, o motorista contou que estava na festa quando um grupo, que ele não conhece, passou a agredi-lo com socos e chutes. Ainda segundo ele, na tentativa de fugir das agressões pegou seu carro e não percebeu que havia atropelado as pessoas.

Duas vítimas que foram atropeladas pelo homem o reconheceram. Elas também contaram que quatro disparos foram feitos, mas que não sabiam se teriam ido efetuados pelo autor, que foi levado para a delegacia. As vítimas atropeladas foram socorridas por outras pessoas para unidades de saúde próximas.

Jornal Midiamax