Polícia

Traficante ‘surta’, ameaça mulher com arma de fogo e atira em bombeiros

Foi preso em flagrante

Renata Portela Publicado em 27/01/2017, às 14h01

None
viatura.jpeg

Foi preso em flagrante

Na manhã de quinta-feira (26), homem identificado como Giuly Henrique Molina Ferreira foi preso em flagrante por tráfico de drogas e tentativa de homicídio. Ele ameaçava a esposa com uma arma de fogo, por ela não o ter acordado para vender drogas a um usuário, e ainda atirou contra bombeiros que foram atender a ocorrência.

Segundo informações da polícia, equipe dos bombeiros foi acionada pela esposa de Giuly, afirmando que ele estaria tendo um ‘surto’, ameaçando familiares com uma arma de fogo. Quando os bombeiros chegaram ao local, foram recebidos a tiros e um disparo chegou a atingir a viatura. Polícia Militar também foi acionada e a equipe conseguiu imobilizar o homem no quintal da casa.

Conforme testemunhas, Giuly teria se revoltado porque naquela manhã ele estava dormindo quando um usuário de drogas foi até a residência e a esposa disse que ele estava dormindo. Por não ter vendido o entorpecente para o usuário, ele teria ficado alterado e começou a ameaçar a mulher com a arma de fogo.

Os policiais conseguiram apreender a arma, um revólver Doberman calibre 22, além de oito munições intactas e 2 deflagradas. Os bombeiros informaram que foram chamados para irem até a casa porque um homem estaria tendo ataques de epilepsia e foram recebidos com os tiros. Giuly contou aos policiais que comprou a arma no Paraguai e que não tem o registro e ainda que tentou matar os bombeiros porque ficou bravo, já que em outras ocasiões foi levado ao hospital amarrado.

Várias munições foram encontradas na casa do suspeito, além de um tablete de maconha, que foi apreendido. Celulares também foram encontrados na casa e Giuly confessou que vendia entorpecentes, sendo preso em flagrante por tráfico de drogas. Ele também responderá pela tentativa de homicídio contra os bombeiros.

Jornal Midiamax