Polícia

Suspostos integrantes do PCC são presos com armas e documentos falsos

Durante trabalho de inteligência 

Diego Alves Publicado em 01/06/2017, às 21h34

None

Durante trabalho de inteligência 

Claudinei Prebom e Cicero Fernando de Lima Almeida, suspostos integrantes do PCC (Primeiro Comando da Capital) foram presos pela polícia paraguaia nesta quinta-feira (01) em Pedro Juan Caballero na fronteira com Ponta Porã, cidade a 314 quilômetros de Campo Grande. Suspostos integrantes do PCC são presos com armas e documentos falsos

A prisão foi feita busca e apreensão realizada pelos agentes da SIU (Secretaria Nacional Antidrogas) da Senad (Secretaria Nacional Antidroga) paraguaia  que realizo um trabalho de inteligência na região de fronteira.

De acordo com agentes do SIG (Setor de Investigações Gerais) coordenado pelo delegado Rodolfo Daltro da Policia Civil de Ponta Porã, os presos seriam foragidos da justiça brasileira e estariam utilizando documentações falsas para transitar e residir na região de fronteira.

De acordo com o site Porã News, na casa onde os dois foram presos, localizada na Rua Cerro Leon e Ytororo em Pedro Juan Caballero, foram apreendidos 16.3 gramas de cocaína,  16  celulares, uma camionete Mitsubishi Triton, uma pistola da marca Glock 17 Gen 4.

Também foram apreendidos uma pistola da marca Glock 17 Gen 4, cor preta com 2 carregadores, 67 munições do calibre 9mm, 20 do calibre 5,56, 18 do calibre 357, oito do calibre 811mm, quatro caixas de pistola, uma mochila e um cinto táctico.

O promotor de justiça paraguaio solicitou o apoio dos agentes da Policia Civil brasileira para realizar os trabalhos de identificação e apoio aos trabalhos de busca e apreensão na cidade de Pedro Juan Caballero.

Jornal Midiamax