Polícia

Suspeitos do assalto a família morrem após troca de tiros com a polícia

Nesta manhã (6), casal de Goiás foi preso com a caminhonete roubada

Midiamax Publicado em 07/01/2017, às 00h54

None
9ce4c335-d02f-4e97-a3cf-239b2c2c7cb0.jpg

Nesta manhã (6), casal de Goiás foi preso com a caminhonete roubada

Dupla suspeita de participação no assalto a uma família em Dourados, nesta quinta-feira (5), foram mortos durante troca de tiros com agentes do DOF (Departamento de Operações de Fronteira), na tarde desta sexta-feira (6), no Jardim Água Boa, próximo do local onde ocorreu o assalto, no Jardim Rasslem.

Na manhã desta sexta-feira, Robson Barbosa Borges, de 22 anos, e Carla Dorneles dos Santos, de 24 anos, foram presos em flagrante em Laguna Carapã, com a caminhonete roubada. Já os bandidos mortos ainda não foram identificados, mas a polícia acredita que um deles é de Dourados e o outro de Goiás. 

Conforme apurado, o DOF recebeu informações de que os envolvidos estariam na casa, mas ao chegar no local foram recebidos a tiros.

Foram apreendidos vários objetos levados no roubo, como joias, notebooks e dois revólveres calibres 38 e 32 e uma Honda Biz, em situação aparentemente legal. Já o Renault Fluence levado pelo grupo já estaria no Paraguai, segundo o Dourados News.

Ainda conforme o site local, Policiais civis do SIG (Serviço de Investigações Gerais), teriam flagrado um adolescente de 16 anos, morador no Jardim Canaã III, que também teria participado do crime da noite de ontem.

Os suspeitos, feridos durante a troca de tiros, morreram a caminho do hospital.

*Colaborou Adilson Domingos

O Caso

Uma família foi rendida na noite de quinta-feira (05), na rua Cafelândia, Jardim Rasslem em Dourados. As vítimas, um homem de 41 anos a esposa de 40, além de duas filhas, entre elas um bebê, ficaram aproximadamente 1h30 em poder dos assaltantes.

Por volta de 21h30, o homem de 41 anos foi surpreendido por dois bandidos e em seguida levado para uma sala dos fundos da casa.

Momentos depois a esposa dele e uma das filhas também acabaram nas mãos dos criminosos. O bebê dormia no momento da ação.

De acordo com relatos das vítimas, eles acreditam que pelo menos cinco pessoas participaram da ação, dentre elas uma mulher, Carla, presa pela manhã.

Além da caminhonete, os suspeitos levaram um Renault Fluence de cor prata, ano 2012, com placas NRP-4542, três notebooks, uma bicicleta, três correntes de ouro, duas câmeras fotográficas, dois aparelhos de telefone celular, um aparelho de televisor de 40 polegadas, uma impressora e um monitor de 20 polegadas.

Jornal Midiamax