Polícia

Suspeito de fazer mãe e filha reféns em roubo consegue álibi e se livra de prisão

Carro foi apreendido

Renata Portela Publicado em 04/04/2017, às 10h34

None
ff8fd2fa-e83c-43b6-85c1-1323144b7c66.jpg

Carro foi apreendido

Na noite de segunda-feira (3), mãe e filha, de 58 e 26 anos, foram feitas reféns em casa durante um assalto, na Vila Moreninha II. As duas tiveram mãos e pés amarrados por três rapazes e um deles teria sido localizado momentos depois do crime, mas se livrou da prisão.

O caso foi registrado na Depac (Delegacia de Pronto Atendimento Comunitário) pelas vítimas e equipe policial que atuou no caso. A jovem de 26 anos contou que estava na academia, quando uma pessoa chegou e disse que três bandidos teriam entrado na casa dela. Quando foi para a residência, a vítima acabou rendida com a mãe, que já estava com pés e mãos amarrados.

Três assaltantes estavam na casa e, segundo as vítimas, teriam armas de fogo. Os vizinhos perceberam a movimentação estranha no local e foram pra a frente da residência das vítimas, quando os bandidos então fugiram levando apenas um brinco e a chave da camionete. O trio saiu em um Gol preto e a Polícia Militar foi acionada.

Com as características do veículo, policiais militares encontraram o Gol, conduzido por um homem. Ele foi levado com o carro para a delegacia e chegou a ser reconhecido pelas testemunhas, assim como o Gol preto, mas amigos dele teriam dito que ele estava em outro local no momento do assalto.

Por ter álibi e a polícia não conseguir comprovar que o rapaz era um dos assaltantes, ele foi ouvido e liberado. O carro ficou apreendido na delegacia para ser periciado e o caso foi registrado como roubo majorado pela restrição de liberdade da vítima e pelo emprego de arma. 

(Foto: Arlindo Florentino)

Jornal Midiamax