Polícia

Preso diz à polícia que violou túmulo em MS para mumificar cadáver do tio

Suspeita inicial era de ligação com jogo 'Baleia Azul'

Thatiana Melo Publicado em 01/06/2017, às 11h41

None

Suspeita inicial era de ligação com jogo ‘Baleia Azul’

A violação de um túmulo do cemitério em Rio Brilhante distante 158 quilômetros de Campo Grande teve como o autor, o sobrinho do homem enterrado na sepultura. Ele foi preso pela polícia nesta quarta-feira (31).

A polícia chegou até o autor depois que ele cortou cabos de sustentação de uma torre em um assentamento na região, e foi denunciado pelo dono da torre. O proprietário acionou os militares que encontraram o homem que acabou confessando o crime, e afirmando querer deixar todos do local sem comunicação.

Preso diz à polícia que violou túmulo em MS para mumificar cadáver do tio

Em depoimento a polícia, ele também disse que teria violado uma sepultura no último dia 28 no cemitério, que fica às margens da BR-267 na saída para Maracaju. O acusado contou que a sepultura era de seu tio, e que violou o caixão para levar o corpo e transformá-lo em múmia.

Mas como o corpo estava muito deteriorado, já que estava enterrado há três anos desistiu e o abandonou ao lado da sepultura. O suspeito foi preso em flagrante por dano na torre, e de acordo com o Delegado André Luiz de Mendonça Fernandes, ele será indiciado no caso da violação de sepultura.

Jornal Midiamax