Polícia

Policial militar é preso por sequestrar agente de viagens que atrasou passagem

PM e o sogro foram detidos por prender agente e funcionário em apartamento

Midiamax Publicado em 10/07/2017, às 12h12

None

PM e o sogro foram detidos por prender agente e funcionário em apartamento

Um policial militar de 34 anos foi preso na madrugada desta segunda-feira (10) suspeito de sequestrar e manter em cárcere privado um agente de viagens de 30 anos e o funcionário dele, de 21, porque a agência de turismo não emitiu passagens aéreas. Também foi detido o sogro do PM, corretor de imóveis de 63 anos, que teria ajudado na ‘ação’.

Segundo as vítimas, por volta das 18h30 eles estavam numa casa na Vila Toscana quando, sob a mira de revólveres, foram obrigados a entrar em um carro. Uma vizinha viu a movimentação e acionou uma equipe da Polícia Militar, que fez rondas mas não encontrou nada de suspeito.

Por volta da meia-noite, no entanto, a esposa do agente de viagens comunicou à PM que seu marido e o empregado estavam “presos” em um apartamento no Residencial Maxwell, perto do Supermercado São Francisco.

Depois desta nova denúncia a policia encontrou os dois no apartamento em companhia do policial e do seu sogro. Eles foram resgatados e contaram que haviam sido sequestrados e colocados à força no carro dirigido pelo PM e escoltado por uma motocicleta, supostamente pilotada por outro policial militar.

O sequestro e o cárcere privado tiveram como motivação um desacerto comercial já que a agência da vítima não emitiu passagens áreas pelas quais o policial alega já ter pagado R$ 2.500,00. O caso foi registrado por volta das duas horas da madrugada as duas vítimas e os dois autores foram prestar esclarecimentos na Policia Civil e seguida o policia foi encaminhado para o quartel da ao 3ª Batalhão da Policia Militar.

Jornal Midiamax