Polícia

Polícia ouve motorista de Kombi que capotou e matou funcionário de usina

Caso foi registrado como morte a esclarecer

Midiamax Publicado em 26/01/2017, às 21h19

None
dsc05375-2.jpg

Caso foi registrado como morte a esclarecer

A Polícia Civil de Rio Brilhante ouviu o motorista da Kombi que capotou na manhã de ontem quinta-feira (25), em uma estrada vicinal e deixou cinco feridos e o passageiro Sidnei Alves, de 35 anos, morto.

Conforme o Rio Brilhante Em Tempo Real, o motorista ele seguia com cinco passageiros quando teria ‘tirado” o carro para a lateral da estrada para dar passagem a um outro veiculo que vinha em sentido contrário. O acidente aconteceu quando o pneu dianteiro bateu em uma pedra, ocasionando a perda da direção e em seguida a capotagem.

Além da morte de Sidnei, outros cinco pessoas ficaram feridas inclusive o próprio motorista. Todos foram socorridos por ambulâncias e encaminhados ate o hospital de Rio Brilhante de onde três foram transferidos para Dourados para realização de exames mais detalhados, pores estão fora de perigo.

Ainda segundo depoimento do condutor ele seguia entre 85 e 90km por hora na hora do acidente. O caso foi registrado como morte a esclarecer e o Delegado Andre Luiz de Mendonça Fernandes deve ouvir os outros passageiros para concluir o inquérito policial. Um deles já foi ouvido.

O condutor da Kombi também foi submetido ao teste do bafômetro, para verificar possível embriaguez cujo resultado foi negativo.

Fotos: Maycon Junior- Rio Brilhante Em Tempo Real

Jornal Midiamax