Polícia

PMA prende 9 assentados por desmatamento e autua grupo em R$ 49 mil

Eles teriam desmatado o assentamento Santa Mônica

Midiamax Publicado em 20/01/2017, às 17h46

None
img_1524.jpg

Eles teriam desmatado o assentamento Santa Mônica

A PMA (Polícia Militar Ambiental) prendeu em flagrante e autuou em R$ 49 mil, na quinta-feira (19), 9 pessoas do assentamento Santa Mônica, em Terenos – 28 km de Campo Grande -. Eles são acusados de desmatar a APP (Área de Preservação Permanente) da mata ciliar no local – vegetação que protege rios, córregos e lagos.

De acordo com as polícia ambiental, eles utilizavam motosserras, machados e facões para derrubar as árvores. "Após levantamentos do setor de inteligência do batalhão, realizaram vistoria nas propriedades rurais do assentamento Santa Mônica, no município de Terenos, e flagraram ontem (19) à tarde, nove indivíduos desmatando área de mata ciliar (Área de Preservação Permanente – APP). Os infratores utilizavam motosserras, machados, facões para derrubar árvores e realizar o desdobramento das madeiras, e motocicletas para abrir caminhos no interior da APP e transportar o material lenhoso".

A madeira e demais objetos ilegais foram apreendidos pela equipe. Os assentados foram encaminhados para a Delegacia de Policia Civil de Terenos. Cada pessoa foi autuada administrativamente e multado em R$ 5 mil. Além disso, receberam duas autuações pelo uso de motosserra, cada uma de R$ 2 mil.

A PMA explica que eles irão responder por crime ambiental de degradação de APP.

Jornal Midiamax