Polícia

PMA autua fazendeiro por desmatar área ilegalmente

Ele foi multado em $ 24 mil

Midiamax Publicado em 29/01/2017, às 12h16

None
pma.jpg

Ele foi multado em $ 24 mil

Durante fiscalização ambiental rural no município de Santa Rita do Pardo, a PMA (Polícia Militar Ambiental) de Bataguassu autuou nesse sábado (28), um fazendeiro de 62 anos, por desmatar área de cerrado em regeneração sem autorização do órgão ambiental.

Segundo a PMA, o infrator, com uso de máquinas desmatou uma área que medida em GPS de 80 hectares. O desmatamento visava a explorar madeira de árvores de eucalipto (madeira exótica plantada) remanescente em meio a vegetação nativa, que se encontrava em regeneração.

O proprietário da fazenda, residente em Bataguassu, foi autuado administrativamente e multado em R$ 24.000,00. O infrator responderá por crime ambiental, com base no artigo 48 da Lei de crimes Ambientais (9.605/1998) de impedir ou dificultar a regeneração de florestas ou demais formas de vegetação sem autorização ambiental. A pena é de seis meses a um ano de detenção.

O fazendeiro foi notificado a apresentar um Plano de Recuperação de Área Degradada (PRADE), junto ao órgão ambiental.

Foto: Divulgação PMA

Jornal Midiamax