Polícia

Para escapar de prisão, traficante oferece ‘pedaço de terra’ a policiais

Além de tráfico, homem responderá por corrupção ativa

Midiamax Publicado em 03/04/2017, às 18h12

None
244889053_forca.jpg

Além de tráfico, homem responderá por corrupção ativa

Um homem de 48 anos, foi preso em flagrante por uma equipe de Força Tática do 16º Batalhão, nesta segunda-feira (03), por tráfico de drogas e corrupção ativa. Ele é apontado como um dos maiores fornecedores de crack na região de Fátima do Sul e Deodápolis e teria oferecido um pedaço de terra, para escapar de prisão.

Na residência, em Deodápolis, a 260 km de Campo Grande, os militares localizaram dez quantidades de crack, que após pesagem totalizou 770 gramas, além de uma balança de precisão e cédulas de dinheiro nacional.

O suspeito recebeu voz de prisão e tentou corromper os policiais, oferecendo uma propriedade rural escriturada a os militares envolvidos, caracterizando o delito de corrupção ativa.

Ele levado à Delegacia de Polícia Civil sem lesões e deve responder por tráfico de drogas e corrupção ativa, a pena para o crime de corrupção pode chegar a 12 anos de prisão.

Jornal Midiamax