Polícia

Mulheres são sequestradas torturadas e abandonadas em MS

Foram roubadas e sequestradas

Diego Alves Publicado em 27/01/2017, às 00h50

None
588a893d7baf125dc4b72e8f050b0259dc91276345101.jpg

Foram roubadas e sequestradas

Duas mulheres foram roubadas e sequestradas por quatro homens no Paraguai e abandonadas em Ponta Porã, cidade a 313 quilômetros de Campo Grande, na tarde desta quinta-feira (26).  As vítimas, uma paraguaia de 30 anos e uma brasileira de 39, foram roubadas e sequestradas pelos autores armados com pistolas no Paraguai, e abandonadas em Ponta Porã após serem torturadas.

A Polícia Nacional de Pedro Juan Caballero acionou a Polícia Militar brasileira, e informou que as duas estavam em uma moto, na noite desta quarta-feira (28), quando foram abordadas pelos bandidos na Rua Doutor Francia, no Paraguai.

De acordo com o site Ponta Porã Informa, um dos suspeitos roubou a motocicleta e os outros três colocaram as mulheres a força dentro de uma caminhonete e seguiram rumo ao Brasil. A Polícia Militar fez diligências, mas não localizou vítimas e suspeitos.

Por volta das 2h40 de hoje, uma mulher ligou no 190 e disse que duas estariam na porta de sua residência e pediram socorro.

A PM foi até o local e encontrou as vítimas. Elas disseram que saíram do trabalho e iam para casa, quando foram abordadas.

Forçadas a entrarem na caminhonete, foram levadas para um matagal, onde foram agredidas pelos homens, que pediam dinheiro. Horas depois, elas foram abandonadas no local e caminharam quatro horas até a residência da mulher que acionou a PM.

Elas foram encaminhadas ao Hospital Regional e, depois de receberem atendimento médico, encaminhadas à delegacia de Ponta Porã, onde caso foi registrado como crime de tortura qualificado mediante sequestro.

Durante a tarde, a vítima paraguaia compareceu no Batalhão de Polícia Militar, acompanhada pela Polícia Nacional, e denunciou um policial militar aposentado e outros militares como sendo autores do crime. 

Jornal Midiamax