Mulheres denunciam agressão na Exposição ao tentarem entrar em área VIP

Briga acabou na delegacia 
| 01/04/2017
- 15:06
Mulheres denunciam agressão na Exposição ao tentarem entrar em área VIP

Briga acabou na delegacia 

Na madrugada deste sábado (1º), uma briga generalizada envolvendo ao menos quatro pessoas na porta do Parque de Exposições Laucídio Coelho, em Campo Grande, terminou na delegacia. As agressões teriam começado após uma jovem de 21 anos ser impedida de entrar no local.

Conforme o registro feito na Depac (Delegacia de Pronto Atendimento Comunitário) da Vila Piratininga, militares do 10º Batalhão que faziam o policiamento no local foram acionados para irem até as proximidades do portão onde ocorria a briga. No local, conversaram com a jovem de 21 anos, dois rapazes de 24 e 32 anos e a segurança de 37 anos.

Cada um apresentou uma versão dos fatos, sendo que segundo a jovem de 21 anos, ela chegou na entrada e perguntou se podia entrar, pois estava com a pulseira da área VIP, mas teria sido impedida pela segurança, de 37 anos. Ela ainda afirmou ter sido agredida pela segurança, sendo que em seguida o homem de 32 anos teria começado a agredi-la também com chutes.

Já o rapaz de 24 anos afirmou que saiu para estacionar o carro e, quando voltou, presenciou a segurança agredindo a jovem de 21 anos com um soco e tentou separar as duas, se desequilibrando e caindo sobre as mulheres, quando chegou o homem de 32 anos que começou a agredir a jovem de 21 anos.

A segurança relatou à polícia que trabalhava na portaria quando a jovem de 21 anos chegou acompanhada de uma mulher e as duas estavam com pulseiras que seriam de bangalô. Foi explicado que elas não poderiam entrar, e conforme a segurança a jovem então começou a gritar, dizendo que os outros seguranças teriam afirmado que ela poderia entrar.

Na discussão, ainda conforme a segurança, a jovem a agrediu e empurrou, quando as duas começaram a briga e os dois homens chegaram em seguida. O rapaz de 24 anos teria dado uma joelhada na segurança e apertado seu pescoço, quando o homem de 32 anos foi ajudá-la.

Por fim, o homem de 32 anos revelou que viu a briga e tentou defender uma das pessoas, que imaginou ser um policial, quando ocorreu a briga generalizada e em seguida outros populares separaram a confusão. Os quatro envolvidos foram levados para a delegacia e o caso é tratado como .

A organização do evento informou que está apurando o ocorrido. 

Veja também

Mulher foi levada para UPA para atendimento médico

Últimas notícias