Motorista de ônibus atropela, não presta socorro e homem morre horas depois

Caso foi registrado na delegacia
| 15/04/2017
- 16:28
Motorista de ônibus atropela, não presta socorro e homem morre horas depois

Caso foi registrado na delegacia

Na noite de sexta-feira (14), familiares de Bartolomeu Luiz Zorrilha Quintana, de 52 anos, procuraram a polícia para comunicarem a morte dele. O homem teria sido atropelado por um ônibus quando entrava no coletivo e morreu horas depois em um posto de saúde.

Segundo informações do boletim de ocorrência, registrado com relato da irmã de Bartolomeu, ele morava com o pai e os dois tinham combinado de irem até a casa da mãe da vítima na manhã de sexta-feira. Eles foram até o ponto de ônibus na Rua Cafalate, e entre 10 e 11 horas o coletivo chegou.

O pai de Bartolomeu subiu e a vítima fez menção de entrar, mas quando o ônibus arrancou, uma comerciante que estava nas proximidades correu em direção ao veículo para informar sobre o . O pai da vítima desceu e falou algo com o motorista, que ele não conseguiu lembrar depois.

O condutor do ônibus teria ficado irritado e saiu do local. O idoso entrou em desespero ao ver o filho caído na rua e a comerciante acionou o Samu (Serviço de Atendimento Móvel de Urgência), que fez o socorro e encaminhou Bartolomeu até a UPA (Unidade de Pronto Atendimento) Coronel Antonino.

A vítima ficou internada, mas morreu às 13h45. O homem sofreu fratura no quadril e o caso foi registrado na delegacia como culposo na direção de veículo automotor. O condutor do ônibus não foi identificado no registro e pode responder por omissão de socorro. 

Veja também

Uma das mulheres seria esposa do bombeiro que conseguiu deter um dos bandidos

Últimas notícias